Horta comunitária, da reflexão a ação

No final do ano passado tive a oportunidade de participar de um evento incrível onde conduzi 500 pessoas a plantarem seu próprio alimento.

Foto: Arquivo pessoal
Foto: Arquivo pessoal

A empresa Brasilprev promove um encontro entre seus colaboradores duas vezes no ano com objetivo de gerar sentimento positivo entre todos. No segundo encontro de 2015 o tema principal foi Sociedade e Meio Ambiente, onde fui convidada pela empresa Am3 eventos, para elaborarmos um projeto que teve como objetivo produzir uma horta comunitária , despertando em cada indivíduo a importância de sua atitude para o início de uma mudança local e global. A atividade visava sensibilizar e motivar as pessoas a saírem da reflexão e partirem para ação. Cuidando de algo que possam desfrutar, promovendo alimentação e estilo de vida mais saudáveis e contribuindo com a saúde do planeta, evitando  assim o consumo de agrotóxicos. A horta foi plantada coletivamente pelos participantes do evento e ficará  permanentemente na empresa para ser cuidada e usufruída por todos.

Jardineiras plantadas pelos colaboradores da empresa. Foto: Luiz Doro
Jardineiras plantadas, ainda no evento, pelos colaboradores da empresa. Foto: Luiz Doro

Para a dinâmica selecionei  diversos kits, pensando na região de origem e seus sabores, como o kit de chás, Kit de ervas do mediterrâneo, kit de ervas do oriente médio, kit de ervas básicas e kit ervas exóticas.  Cada um deles compôs uma jardineira. Foram plantadas 50 jardineiras.

Kits separados por jardineira. Foto: Luiz Doro
Kits separados por jardineira. Foto: Luiz Doro

A cozinha mediterrânea é famosa pelos seus sabores frescos e boa parte desta característica se deve ao uso destas ervas, com as básicas é possível dar um toque especial às refeições cotidianas. Para preparar um chá saboroso, prefira sempre elas frescas, pois o melhor do sabor e da fragrância evapora após serem colhidas.

A abertura do evento contou com uma palestra do jornalista Gilberto Dimenstein, especialista na área de cidadania corporativa, educação e sustentabilidade.

Após essa sensibilização, coordenei  a  atividade para execução da horta, orientando o passo a passo para o plantio.

Camila Simhon, arquiteta paisagista, palestrando sobre o passo a passo para a execução da horta. Foto: Luiz Doro
Camila Simhon, Arquiteta paisagista, coordenando a dinâmica para execução da horta e orientando o passo a passo para o plantio. Foto: Luiz Doro

Além da dinâmica, elaborei um projeto paisagístico para a melhor localização e instalação da horta, considerando os aspectos físicos-espaciais, contendo a planta de localização dos elementos propostos, especificação das espécies vegetais e do material a ser utilizado, que no caso foram estas belíssimas  caixas de madeira da empresa The Original Farm, cada uma vem com a sua jardineira de plástico e o suporte metálico eles fazem conforme o projeto.

Horta instalada na empresa após o evento. Foto: Arquivo pessoal
Horta instalada na empresa após o evento. Foto: Arquivo pessoal
Horta instalada na empresa após o evento. Foto: Arquivo pessoal
Horta instalada na empresa após o evento. Foto: Arquivo pessoal

Após a horta instalada, foi realizado um treinamento teórico e prático para um grupo de colaboradores voluntários. Orientei -os sobre os cuidados  necessários, como  irrigação, colheita, adubação, uso das espécies, entre outros.

Foi muito gratificante participar deste projeto e ver em cada um a vontade de mudar o mundo, a mudança acontece de dentro para fora e estimular a alimentação orgânica  já é um grande passo.

Gostaria muito da agradecer a parceira com a Am3 eventos, empresa comprometida, com responsabilidade e amor naquilo que faz acontecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *